terça-feira, 11 de setembro de 2012

Água tem cor?

É bem engraçado como as ideias aparecem na nossa cabeça. É um momento qualquer e de repente PLUFT!  Lá está ela! Um dia desses enquanto as crianças brincavam no parque de areia eu tive uma ideia: e se as crianças brincassem com água colorida?? A ideia ficou guardadinha. Pensei em juntar garrafas pet, para montar a brincadeira, porém, antes que eu fizesse, ganhei de um pai vários frascos de plástico transparente de diversos tamanhos e formatos, e quando eu digo vários pode-se dizer que são muitos mesmo!
Fui ao parque enchi os frascos com diferentes quantidades de água e adicionei anilina para colorir. Roxo, marrom, vermelho, verde, amarelo, laranja, azul... Muitas cores! Deixei num local do parque, na altura das crianças. Minha intenção era que assim que logo que entrassem no parque utilizassem a água para brincar, porém...

Não foi assim que aconteceu!
Para nossa surpresa (eu e Patrície estávamos juntas nessa experiência) as crianças chegavam ao parque, olhavam, admiravam o que viam, mas não tocavam. Algumas crianças passavam por perto, apontavam, nomeavam as cores, mas ninguém ousava pegar. Percebi que algumas crianças se aproximavam com frequência, chamei uma delas e disse: "Se você quiser pegar para brincar, pode!" Ela arregalou os olhos e deu um sorriso! Foi em direção as garrafas e começou a brincar. Pegou um baldinho e lá colocava um pouco de cada água, muito cuidadosamente.
Logo algumas crianças falaram pra ela: 
_"Não pode mexer"
_ "quem falou que não pode?" eu perguntei.
_ "Então pode?" As crianças perguntaram surpresas
_"Claro!"
E então muitas crianças se aproximaram e pegaram a água para brincar.
O cuidado que a primeira criança tinha ao pegar cuidadosamente a garrafa e despejar um pequena quantidade em seu recipiente foi uma ação frequente. Foi muito interessante observar essa preservação do recurso durante a brincadeira.
As crianças se juntavam em pequenos agrupamentos para fazer seus bolos, massas, lamas coloridas, ou simplesmente colorir a areia do parque.
Uma das crianças do grupo da Patrície enquanto conversava com uma outra criança disse: "Você lembra que a gente pintou a areia do parque?"
Quando as crianças brincam, arte, movimento, sensações, descobertas estão presentes de forma indissociada! Não vejo a menor probabilidade de isolar a criança em áreas, a criança é um todo!

Misturar com as próprias mãos

adicionar mais cores




Molhar a areia...

...misturar até formar uma massa...

... e o bolo está pronto!



Cuidado ao encher diferentes tamanhos de potes

Misturando em equipe

Um pouquinho mais de cor...

Um mundo de misturas

Lama verde

Dando banho colorido 


Nenhum comentário:

Postar um comentário